A sétima das artes contra o primeiro dos crimes

71% das mulheres traficadas acabam na indústria do sexo.

António Castelo | antonio.castelo@qinews.pt | 3 Agosto 2018

A Qi falou com Dinis Costa e Carolina Castro Almeida, realizador e produtora do filme "Terra Amartela".

A cada minuto duas pessoas são traficadas através de uma fronteira, naquele que é hoje o crime que cresce mais rápido no mundo. É um negócio que se estima valer cerca de 99 mil milhões de euros anuais, e que monta teias de corrupção que vão muito para além dos guardas fronteiriços.

 

A grande maioria das pessoas traficadas são mulheres - 71% - e acabam na indústria do sexo. Dinis Costa e Carolina Almeida, cineastas, investigaram o tema, falaram com e apoiaram-se das entidades que estão por dentro do assunto e conseguiram produzir uma curta-metragem que nos transporta para um momento concreto do crime de tráfico humano, um momento, como eles dizem, do qual não conseguimos escapar.

VÊ TAMBÉM

Foto 210 Casal da Mira 05-40 25.10.2018

Empregadas de Limpeza

no 210 Pontinha

Por António Castelo | Novembro 2019

IMG_1917.jpg

Por António Castelo | Junho 2018

instagram qibrutos.jpg

Por António Castelo | Outubro 2018

Foto 210 Casal da Mira 05-40 25.10.2018

Por António Castelo | Novembro 2019

7643236556_c13b37fc27_b.jpg

Página de trabalhos da Qi News relacionados com habitação.

Aqui estão reunidos os trabalhos que produzimos, nos vários formatos - reportagens, entrevistas, séries e documentários - que estão relacionados com a habitação em Portugal.

Arshad.jpg

Por António Castelo | Novembro 2019

© 2017 Qi News. | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS