© 2017 Qi News. | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

ENTREVISTA

 

Miguel Vale de Almeida

Miguel Vale de Almeida é professor e investigador em Antropologia no ISCTE. Entre muitas, muitas outras coisas, reflecte abertamente sobre questões de identidade colectiva e comunitária; a imagem concebível do que é um português; e sobre a construção histórica do racismo que se mantém no estado e nas instituições administrativas portuguesas.

Da sua busca irrequieta conseguimos extrair cruzamentos de ideias que nos fazem acreditar que um dia poderemos ter uma sociedade mais resolvida - colectivamente - e que inclua perspectivas diversas em diálogo permanente.

Por António Castelo | 18 Junho 2018

João Mineiro

João Mineiro é licenciado e mestre em Sociologia e é doutorando em Antropologia. Para o seu trabalho de doutoramento está a levar a cabo uma etnografia do parlamento português na presente legislatura, o que lhe permite acompanhar de perto o trabalho e os comportamentos dos deputados dentro e fora do plenário, e dentro e fora dos espaços formais de trabalho. Se queres saber mais sobre como funcionam os grupos parlamentares, as feituras das listas dos partidos, sobre como é feito o lóbi informal e o que são agências de comunicação e os interesses que servem, vê esta entrevista. Fica a saber mais sobre como se faz democracia em Portugal.

Por António Castelo | 9 Junho 2018

 
 

Paulo Morais

Paulo Morais é licenciado em Matemática, tem um Master in Business Administration em Comércio Internacional e é doutorado em Engenharia e Gestão Industrial pela Universidade do Porto. Foi candidato à Presidência da República nas últimas eleições e é um dos porta-estandarte pela transparência e pelo combate à corrupção nas instituições do estado português. Esta entrevista foi sobre a Iniciativa Legislativa de Cidadãos que encabeça através da associação Frente Cívica, que tem o objectivo de resgatar as PPP rodoviárias e poupar ao estado português mais de 11 mil milhões de euros.

Por António Castelo | 22 Maio 2018

 

Irmã Deolinda Rodrigues

A Irmã Deolinda Rodrigues é Missionária Dominicana do Rosário, e é também directora do Centro Social 6 de Maio, onde trabalha desde 1986. À Qi News falou sobre as origens do Bairro 6 de Maio, ainda antes da independência das antigas colónias, sobre a evolução demográfica e da configuração do espaço, e sobre o percurso que em retrospectiva parece levar inevitavelmente para as demolições que hoje são notícia. A Irmã Deolinda falou dos casos das famílias que não têm direito a casa - uns porque apesar de terem nascido em Portugal estão privados da cidadania; outros porque apesar de terem nascido nas antigas colónias antes de 1974 não têm hoje direito à nacionalidade portuguesa, e ainda outros que, pelas dificuldades em tratar da documentação, ficaram excluídos do Plano Especial de Realojamento.

Por António Castelo | 15 Julho 2018

 

Sara Nasi

A QiNews falou com Sara Nasi, psicóloga da Associação para o Planeamento da Família, que presta apoio a vítimas de tráfico de seres humanos. O que é mais relevante apreender acerca da realidade deste crime em Portugal são as diferenças na natureza dos casos que vitimizam os homens ou as mulheres. Este é um crime de género, em que as situações das mulheres são sistematicamente mais graves e de muito mais violentos e incapacitantes que as dos homens. A falta de destreza e agilidade do sistema europeu de gestão e monitorização de migrações para lidar com este crime a uma escala europeia é preocupante, e o tráfico de seres humanos para exploração sexual e laboral é o crime que mais rapidamente cresce no mundo. Actualmente pensa-se que estejam mais de 24,9 milhões de pessoas em condições de escravatura no mundo, e em 2016 houve apenas 9,016 condenações pelo crime de tráfico de seres humanos no mundo inteiro. Mais de 4,8 milhões de mulheres são exploradas sexualmente a uma escala global, num crime que é dos mais lucrativos do globo*.

Por António Castelo | 11 Setembor 2018

 

Patrícia Pedrosa e Joana Lages

As cidades são planeadas, projectadas e assinadas quase sempre só por homens, e pensadas para uma pessoa neutra que nunca se concretiza - sem género, sem classe, sem raça, e sem nenhum factor de opressão previamente considerado. A Associação Mulheres na Arquitectura, que comemora esta ano o seu primeiro aniversário e que conta para já com cerca de trinta arquitectas, "algumas com percursos bem distintos", pretende trazer para cima da mesa questões relacionadas com a inclusividade das nossas cidades. Defendem as quotas de género nos júris de arquitectura; propõem que se altere a forma de pensar o recreio das escolas - de forma a impedir a perpetuação dos estereótipos de género incutidos socialmente; chamam a atenção para o facto de haver um elevado grau de perigo de abuso sexual para as mulheres em autocarros sobrelotados; e assinalam muitas outras situações e problemas bem identificados e bem específicos, sobretudo por populações vulneráveis e sempre consultados ou obtidos localmente. Patrícia Santos Pedrosa e Joana Pestana Lages são elementos fundadores da associação que agora se impõe, com todo o coração, bem no pulmão de Lisboa.

Por Andreia Friaças e António Castelo | 2 Novembro 2018

 

Sónia Duarte Lopes

Sónia Duarte Lopes é psicóloga e coordenadora da Associação para o Planeamento da Família, e trabalha directamente com meninas e mulheres que foram sujeitas a mutilação genital feminina/corte. A prática ocorre em Portugal no seio de populações imigrantes, sobretudo oriundas da Guiné-Bissau, e em regra implica uma viagem ao país de origem onde é efectuada a cerimónia e o corte. O que fica nas mãos das autoridades portuguesas é detectar esse corte, já feito, numa consulta hospitalar por via da sinalização de um médico ou de uma enfermeira, e instaurar um processo de investigação às circunstâncias que terão levado ao crime que foi praticado sobre a mulher ou crianças em questão.

Por Andreia Friaças e António Castelo | 30 Outubro 2018

 

Mamadou Ba

Mamadou Ba falou com a Qi sobre o racismo em Portugal. A importância com que o tema é tratado na esfera política, os próximos passos do movimento dos sujeitos racializados, e os seus recentes envolvimentos no espaço público foram alguns dos temas tratados nesta conversa, na sede do SOS Racismo.

Por António Castelo | 17 Setembro 2019

Foto 210 Casal da Mira 05-40 25.10.2018

Por António Castelo | Novembro 2019

7643236556_c13b37fc27_b.jpg

Página de trabalhos da Qi News relacionados com habitação.

Aqui estão reunidos os trabalhos que produzimos, nos vários formatos - reportagens, entrevistas, séries e documentários - que estão relacionados com a habitação em Portugal.

Arshad.jpg

Por António Castelo | Novembro 2019